Monitoramento aéreo pode reduzir custos do produtor em até 20%

Diariamente produtores e empresários do campo precisam fazer escolhas importantes para o sucesso de seus negócios. Existem diversas ferramentas que podem facilitar a tomada de decisões, mas, muitas vezes, o alto custo ou a complexidade das informações inviabilizam suas utilizações. Para solucionar esse gargalo, a Bembras Agro, disponibiliza uma tecnologia moderna, eficiente, prática e acessível a todos os projetos agropecuários e agroindústrias, o serviço de monitoramento aéreo. Este pacote tecnológico pode proporcionar uma redução de custos que varia de 10% até 20%, gerando uma diminuição da aplicação de insumos, redução com gastos de combustível, otimização dos maquinários, entre outros benefícios.

Uma das maiores vantagens desse tip

 

via Monitoramento aéreo pode reduzir custos do produtor em até 20% | Grupo Cultivar

Veja como os drones podem auxiliar o combate a incêndios

Capturar.PNG

Os incêndios florestais de 2017 provaram como as corporações de bombeiros e a Proteção Civil necessitam de ter o equipamento mais recente para o auxílio no combate a incêndios. Os drones fazem parte desse equipamento, e no próximo as forças de segurança vai ter acesso a 36 máquinas, que foram adquiridas pelo Exército.

via Veja como os drones podem auxiliar o combate a incêndios

Porque usar drones na Indústria da Construção?

20171027185714Para integrar os Drones em seus negócios com sucesso, as empresas de engenharia e construção devem elaborar um planejamento alinhado com as propostas de cada um, visando as diferentes alianças estratégicas e acompanhamento próximo de todas as fases da implantação.

via Porque usar drones na Indústria da Construção? – Artigos – Negócios – Administradores.com

Drones diversificam a pauta de importação brasileira

Um novo item tem ganhando destaque na pauta de importação brasileira: os veículos aéreos não tripulados (Vants) ou simplesmente drones. Em 2016, o mercado nacional de drones começou o ano com uma estimativa de faturamento potencial de R$ 200 milhões ao longo de 12 meses, conforme avaliação do fórum DroneShow. Apesar de ficar um pouco abaixo do esperado, o setor se desenvolveu e não parou. As operações de aeronaves não tripuladas (de uso recreativo, corporativo, comercial ou experimental) devem seguir as regras da ANAC, que são complementares aos normativos de outros órgãos públicos como o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) e da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL).

via Drones diversificam a pauta de importação brasileira | EXAME

Drones prometem fazer em 10 minutos o trabalho de um dia inteiro

Drone tem dois metros de diâmetros e tanque de 10 litros | Reprodução

Alguns equipamentos aplicam herbicidas e fertilizantes ao mesmo tempo em que fotografam o andamento das lavouras. Empresas japonesas entram no mercado de drones “uma após a outra”

via Drones prometem fazer em 10 minutos o trabalho de um dia inteiro | Mercado | Agronegócio | Gazeta do Povo